Loucura...ao lado 2


Boa noite,
chamo-me Mário Dias e sou cronista.
Em abono da verdade estou desempregado, mas temo que se o disser, vexas apaguem de imediato o meu email visto eu ser uma prova viva do insucesso do governo quanto às politicas de emprego.
Por isso vos digo e sem mentir que sou cronista:
Os meus textos são amplamente elogiados e já foram inclusive objecto de estudos científicos pois ninguém compreende como posso eu ter tanta imaginação.
Como se isto não fosse suficientemente motivador nunca faço abordagens onde mencione o poder instalado (tenho amor à vida já que não posso ter amor à profissão) pelo que não resisti em escrever ao Jornal de Noticias a perguntar se me podem dar uma oportunidade como cronista.
Gostava de ficar com o espaço no jornal que tinham reservado para à crónica do Mário Crespo, mas se for um pouco mais para a direita (desde que dentro dos parâmetros do jornal) eu não me queixo...nem me demitirei.
Eu farto-me de escrever crónicas e para vexas terem uma noção dos valores e princípios que me regem, uma amiga minha (de nome Patrícia Couto) ouviu um membro do governo a chamar-me louco (a verdade é que eu também ouvi pois estava quase nu, ajoelhado, em frente a ele, a pedir-lhe 50 cêntimos ) e na minha crónica seguinte elogiei o orçamento de estado sem demonstrar qualquer recalcamento.
Garanto que não se arrependerão se me derem uma oportunidade pois o JN precisa de uma nova alma e eu preciso de um emprego...
Certo que esta missiva merecerá de vexas a maior atenção e na esperança que respondam a este leitor assíduo, despeço-me com elevada consideração.
Mário Dias

Prezado Mário Dias,
Folgo por vê-lo a lutar pela vida, resistindo às cargas de pancadaria que esta em si assenta, como ainda recentemente sucedeu com o trágico óbito do hamster Ismael. Não cabe a mim responder à sua pretensão, pelo que tomarei a liberdade de reencaminhar esta sua sentida mensagem para os responsáveis editoriais de todas as publicações periódicas portuguesas, do Diário da República ao almanaque Borda d'Água. É um favor que lhe faço, mas, em respeito pela precária condição laboral que nos apresenta, não espero que mo pague. Entenda que, nestes tempos de míngua, é possível que as publicações tradicionais recusem, com maior ou menor polidez, a proposta que apresenta, mas não deverá esmorecer. Todos dispomos, hoje, no espaço sem fim que é a Internet, de lugares onde publicar o que nos passa pela alma, sem qualquer custo e com a perspectiva de angariar assinalável popularidade. Deixo-lhe o exemplo de um espaço de liberdade, para que consulte e, eventualmente, envie para lá a sua proposta: http://maildeumlouco.blogspot.com.
O endereço de e-mail está disponível na página.
Com o testemunho vivo do nosso apreço e a firme palavra da nossa admiração, sou
"Felizardo Bonifácio"

26 comentários:

Carla Ferreira disse...

E Mário Dias deixa entrar o segundo golo! Ahah, muito bom.

Ana Vaz disse...

Fantástico! :)

Lia disse...

É o preço da fama!

João Pinto Costa disse...

Acho que é mais o preço de colocar o mail do Mário Dias no google e chegar facilmente ao blogue por essa via.

duSi_ disse...

ahaha
Tão bem, mas tão bem!
Desta vez os elogios vão não só para o Mário Dias, como para "Felizardo Bonifácio".

Anónimo disse...

Lindo!!
Tens que mudar de "nome".
O "Felizardo Bonifácio" também esteve muito bem.
Angela

João Pinto Costa disse...

Já são enviados com outro nome e por outro mail.
Mas não foi o caso deste. Esteve bem sim o Sr. "Felizardo", indirectamente disse muito sobre a liberdade de imprensa na perspectiva dele.

Nilredloh disse...

Genial!:) e a resposta espectacular.:)
Um abraço,
Jorge

Anónimo disse...

e essa da coluna mais á direita...lol.... só tu

Felizardo Bonifácio disse...

Tenho a dizer que não googlei coisa nenhuma. A fama do "Mário Dias" precede-o. Caso contrário, o mail não teria tido resposta.

Felizardo Bonifácio

Luzinha disse...

Txi... AHahha mais um mail em que foste apanhado!! Oh moço esqueçe lá isso...estas a ficar famoso demais! AHAHHAH

Anónimo disse...

Querido louco, fico muito grata pela homenagem que fazes neste espaço à Madeira. Como fã deste blog e madeirense, o meu agradecimento e apreço nesta hora de dor e sofrimento. Obrigada.
Marisa

O Idiota disse...

O JN só tinha a ganhar com uma crónica tua.
Parabéns pelo texto,um brinde à resposta!
Haja boa disposição neste país de cinzentão vestido;)


Um abraço!

Anónimo disse...

lololol muito bem!!!

CANTINHO DA PESCA disse...

Amigo Mário ,desculpe a ousadia mas já o considero amigo pois cada vez que escreve entra-me pela porta dentro ( e que gozo dá ler as suas crónicas) já pensou escrever ao 1º e oferecer os seus préstimos para lhe escrever a biografia ? Faça porque doido como ele é de fama vai certamente vai aceitar
JTCordeiro

Andorinha disse...

Tenho muitos amigos jornalistas, inclusivamente no Correio da Manhã e no Diário Econónico, entre outros. Derivado a tal conheci uma panóplia de jornalistas sem fim. Alguns deles, temo, lêem o meu blog...por isso, caso não tenha sido o google, poderá ter bem sido o meu humilde espaço de "Maria dos Plásticos" que meio mundo conhece que te delatou. O certo é que todos os jornalistas que conheço são, não só excelentes profissionais, como apreciadores de excelente humor. E tu tens um sentido de humor à prova de bala. Também deves saber, que os jornalistas rodam entre jornais qual saia de Baiana, pelo que, se já apareceste no i, no Público e afins...te conhecem! ;) Um abraço e boas crónicas, acho que quando deres por ela poderás ter um espaço só teu, certo Felizardo Bonifácio? ;)

Crayon disse...

eheh apanhado :P

Anónimo disse...

Achei o teu texto demasiado realista, não sei porque, mas cheira-me que vais arranjar emprego como cronista!!!
Como ja disseram aqui, é o preço da fama...vai-te habituando. Tens mesmo que começar a escrever pra "fora" porque daqui a nada já não apanhas ninguem e sim és apanhado hehe!!
Adoro tua criatividade...Parabéns!!
(p.s. ja agora, como te sentes em relação ao Ismael?!? LOL).

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Quem não chora não mama,diz o ditado,mas quem chora corre o risco de levar umas palmadas,também,rsrs!!!

Um beijo!

Sonia Regina.

Jibóia Cega disse...

Apanhado na curva outra vez! LOLOLOL
Isto só pode ser bom sinal: sinal de que há muita a gente a ler-te e que tem sentido de humor.

casos reais disse...

Cronista Mario dias no seu melhor! Mas o Felizardo não esteve pior!
Um abraço João

vanessacamposrocha disse...

Adorei!
abraços

Era o Que disse...

Pois é, MAD...
Cada vez está mais difícil apanhares alguém. Como diz o Bonifácio, o teu nome e a tua fama perseguem-te internet a fora!

Supera-te,

Abraço ;)

Anónimo disse...

Obrigada :)

Ana Henriques disse...

Ainda estou boquiaberta. Mas, que fazes tu senão surpreender? Agora, há um facto a considerar: é do melhor quando eles te calam! :P

Dono do Blog LessadaPalmeira disse...

Muito me ri com esta crónica!