14/10/2008

29:CASINO por jPinto


Muito Boa Tarde,
chamo-me Mário Dias e jogo no vosso Casino há bastante tempo.
Até há um ano atrás, não havia jogo em que não ganhasse dinheiro (Poker na mesa e nas maquinas, slots, Roleta, dados, Black Jack...), era uma pessoa com sorte.
No entanto, há aproximadamente um ano, reparei numa senhora de cerca de 80 anos que começou a frequentar o mesmo espaço que eu. Se me considero uma pessoa viciada no jogo, ela é o próprio vicio em pessoa.
A verdade é que desde que este ser apareceu eu deixei de ganhar e pode não acreditar mas a mulher passa a vida a sorrir para mim enquanto eu perco e desespero com todo o meu dinheiro que fica com vocês.
Por norma sou uma pessoa calma, mas se a senhora apanha alguém mais nervoso, temo pela sua integridade física...
Ela coloca os óculos para o fundo do nariz e lança me olhares a toda a hora, parecendo nitidamente que goza a minha condição e essencialmente o esvaziar da minha carteira.
Ainda por cima o raio da mulher ganha tanto dinheiro...
Para que quer uma mulher de 80 anos tanto dinheiro?
Concluindo, penso ser do interesse de ambos (meu e do casino) que essa Senhora seja proibida de entrar nas vossas instalações e é por isso que eu mando este e-mail, para saber a quem me posso dirigir para identificar esta Senhora que se não é o Diabo, não sei eu quem será.
Cumprimentos de quem já vos deixou muito dinheiro (neste último ano),
Mário Dias

Exmo. Senhor Mário Dias,
Vimos, pelo presente, agradecer o e-mail que nos enviou no passado dia 9 de Outubro e informar que a situação que descreve não se enquadra no tipo de ocorrências previstas por lei para expulsão de um cliente.
No entanto, compreendemos a sua situação e caso pretenda, tem ao dispor a entidade reguladora do Casino, a Inspecção-geral de Jogos, para a qual também pode remeter a sua reclamação.
Com os melhores cumprimentos.
Direcção de Comunicação e Promoção
Varzim Sol - Turismo, Jogo e Animação, S.A. (Casino da Póvoa)
www.casino-povoa.com
Tel.: 252 xxxxxx Fax.: 252 xxxxxx

Sem comentários:

Enviar um comentário