01/10/2009

69:O PESADELO por jPinto


Boa noite,
escrevo-vos a esta hora da noite porque não consigo dormir e começo muito sinceramente a ficar desesperado.
Chamo-me Mário Dias e há cerca de um mês que durmo nos vossos colchões, os quais tenho de admitir que me proporcionam noites bastante agradáveis.
No entanto seriam noites bem melhores se conseguisse dormir um sono limpo e contínuo.
Passo a explicar:
Mudei de casa e desde que comecei a utilizar um colchão vosso que todas as noites tenho um pesadelo.
Este fim de semana, fui dormir a casa de uma amiga, a Mariana e o pouco que dormi, dormi muito bem sem sonhos ou pesadelos de nenhuma espécie.
Hoje volto a dormir em minha casa, no vosso colchão e volto a ter o mesmo pesadelo...que estou numa casa abandonada, sem mais pessoas e na divisão onde estou (não consigo precisar qual é) está uma aranha gigante, pelo que em desespero atiro-me da janela e...acordo.
Pedia que me ajudassem, não sei se já alguém se queixou do mesmo.
É possível devolver o colchão e darem-me de novo o dinheiro?
Agradeço resposta breve para ver se melhoro o meu sono porque todos os dias às 6 da manhã tenho de estar a pé e isto não pode continuar.
Cumprimentos,
Mário Dias

Boa Tarde
Era bom que verificasse a marca do seu colchão e a confirmação da loja onde o adquiriu.
Mas pela história que menciona temos a certeza que não se trata de um colchão comercializado nas nossas lojas.
Os nossos colchões dão um óptimo dormir seja só ou acompanhado, evidente que se a companhia for agradável o conforto aumenta na proporção da qualidade da companhia.
As aranhas gigantes também em nada influenciam o comportamento dos nossos colchões antes pelo contrário, sonhar com elas dá um sono mais tranquilo e um despertar cheio de vitalidade.
Com os melhores cumprimentos
SOKAMA - Loja do Descanso

Olá boa noite,
cá estou eu a acordar sobressaltado com um novo pesadelo.
Tenho de lhe dar razão...face ao pesadelo que acabei de ter, sonhar com as aranhas gigantes não passou de um bonito sonho cor-de-rosa.
Imagine Vexa (que não sei quem é porque se esqueceu de assinar o e-mail) que acabei de sonhar que era casado com a Manuela Ferreira Leite e que passava o dia a ouvir falar de pequenas e médias empresas, tentava acabar com ela, mas a única pessoa que podia decretar o nosso divórcio era o Prof. Cavaco Silva que se remetia ao silêncio e referia-se ao nosso caso como assunto tabu.
Mais tarde, acabei por descobrir que ela me traia com o Jerónimo de Sousa e contratei um tal de Sócrates para a asfixiar democraticamente.
No entanto os nossos planos foram abaixo quando os detective Portas e o agente Louça descobriram estes intentos...
Pelo que tive de viver para sempre na companhia da senhora.
O meu colchão é modelo Yoga Quiet e gostava de lhe perguntar porque diz que não foi comercializado nas vossas lojas.
Aguardo resposta,
Cumprimentos,
Mário Dias

Boa tarde,
Sem dúvida alguma o seu sentido de humor além de magnifico é muito original.
Os nossos e-mails não são assinados visto serem a filosofia e as regras da empresa que são aqui comunicadas às pessoas que nos contactam.
Sobre o seu colchão é importante referir que o modelo que menciona foi descontinuado há algum tempo, como refere que adquiriu há um mês só pode ter sido numa oportunidade.
A nossa dúvida de ter sido adquirido numa loja SOKAMA é porque o seu nome não consta da nossa base de dados.
Se o seu colchão é um YOGA QUIET comprou sem dúvida um excelente modelo e de grande conforto.
Para poder-mos dar mais informação era importante que junte a nota de encomenda.
Não é filosofia da empresa devolver dinheiro após o colchão ter sido utilizado, mas podemos tentar ajudar a melhorar as suas noites e os seus maléficos sonhos.
Cumprimentos
SOKAMA - Loja do Descanso

10 comentários:

  1. looool

    Tens que pensar em escrever um mail ao avo Cavaco ;P

    bjo

    ResponderEliminar
  2. Sim, sonhar que és casado com a Manela é mil vezes pior do que sonhar com aranhas! xD

    ResponderEliminar
  3. LOLOLOL!!!!! O que eu me rio com estes mails! (Aposto que o sr dos colchões também se riu bastante):P

    ResponderEliminar
  4. Senhor Mário Dias
    O senhor só arranja complicações!!!
    Vamos supôr que a senhora com quem está casado ( em sonho...ou pesadelo) lê este mail?!
    Agora que a senhora está preste a deixar a politiquice, vai querer companhia e num colchão com uma aranha gigante que proporciona sonhos cor de rosa é o ideal, já queo dela (colchão), era laranja e provocou-lhe uma certa alergia...
    Conclusão: arranjou sarna para se coçar!!
    Eu avisei...só queria ajudar!
    Graça

    ResponderEliminar
  5. Essa empresa lida muito bem com a Filosofia. Mas melhor do que tudo foi mesmo a parte do Sonho e do tabu e silêncio do Senhor Presidente.

    Muitos parabéns pelo blogue (e pela coragem e pela originalidade do temas e argumentos)

    Abraço

    ResponderEliminar
  6. Parabéns pela criatividade!

    Também gostei das respostas que obteve.

    Desejo-lhe bons sonhos seja qual for a companhia.

    Se me quiser visitar apareça antes em www.demalasaviadas.blogspot.com

    Susn F.

    Abraço.

    ResponderEliminar
  7. Toma uma verdadeira

    Registo Civil de Beja

    ABSOLUTAMENTE HILARIANTE!!!
    Claro, só aqui mesmo é que acontecem essas coisas!
    Quando passarem por Beja, poderão certificar se é verdade ou não.......
    O Registo Civil de Beja recebeu o seguinte requerimento.

    Beja, 5 de Fevereiro 2006.
    Eu, Maria José Pau, gostaria de saber da possibilidade de se abolir o sobrenome Pau do
    meu nome, já que a presença do Pau me tem deixado embaraçada em várias situações. Desde já
    agradeço a atenção despendida.
    Peço deferimento,
    Maria José Pau.

    Em resposta, recebeu a seguinte mensagem:

    Cara Senhora Pau:
    Sobre a sua solicitação da remoção do Pau, gostaríamos de lhe dizer que a nova legislação permite a remoção
    do Pau, mas o processo é complicado e moroso. Se o Pau tiver sido adquirido após o casamento, a remoção é
    mais fácil, pois, afinal de contas, ninguém é obrigado a usar o Pau do cônjuge se não quiser. Se o Pau for do
    seu pai, torna-se mais difícil, pois o Pau a que nos referimos é de família e tem sido utilizado há várias
    gerações.
    Se a senhora tiver irmãos ou irmãs, a remoção do Pau torná-la-ia diferente do resto da família. Cortar o Pau do
    seu pai pode ser algo muito desagradável para ele. Outro senão está no facto do seu nome conter apenas
    nomes próprios, e poderá ficar esquisito, caso não haja nada para colocar no lugar do Pau.
    Isto sem mencionar que as pessoas estranharão muito ao saber que a senhora
    não possui mais o Pau do seu marido.
    Uma opção viável seria a troca da ordem dos nomes. Se a senhora colocar o Pau na frente da Maria e atrás do
    José, o Pau pode ser escondido, pois poderia assinar o seu nome como 'Maria P. José’.
    A nossa opinião é a de que o preconceito contra este nome já acabou há muito tempo e visto que a senhora já
    usou o Pau do seu marido por tanto tempo, não custa nada usá-lo um pouco mais.
    Eu mesmo possuo Pau, sempre o usei e muito poucas vezes o Pau me causou embaraços.
    Atenciosamente
    Bernardo Romeu Pau Grosso
    Registo Civil de Beja

    ResponderEliminar