20/06/2008

16:O VÍRUS por jPinto


Exmo. senhor da Toshiba,
Antes de mais importa informar que eu e Vexa temos uma relação forte e íntima, na medida em que eu e a Toshiba fazemos companhia um ao outro há já muitos anos, isto tanto a nível pessoal como profissional.
Eu e as vossas máquinas sempre fomos como que um só, tanto que estou sempre atento às vossas novidades e aos designs com que a marca que Vexa representa nos presenteia.
Se é verdade que o incido a relação correu pelo melhor, sendo eu constantemente surpreendido pelas funcionalidades inerentes ao software que vinha com as vossas máquinas, a verdade é que actualmente a nossa relação passa por uma crise.
Espero que seja uma pequena crise, mas isso não depende só de mim, depende de mim e de si já que não posso lutar só para que tudo funcione entre nós.
Na empresa, actualmente opto por equipamentos “tecra s5” e em casa mantenho uma relação com um “satellite a200”.
Ora se no que toca aos computadores que mantenho na empresa, tudo corre pelo melhor, a verdade é que o mesmo não poderei dizer do meu pequeno satellite.
É uma situação estranha, mas tenho conhecimento que vocês estão acostumados a lidar com o mais variado tipo de situações pelo que não duvido que me vai ajudar:
Sempre que desligo a minha máquina e isto depois de aparecer o aviso que o computador está a encerrar, de o ecrã ficar completamente escuro e de as luzes do pc se desligarem, ouve-se uma melodia que me parece ser do Roberto Leal que dura aproximadamente 30 segundos.
Contei isto a uns amigos que disseram que eu era ridículo, pelo que antes de ir à vossa loja prefiro escrever este e-mail para que me diga o que se passa, até porque a minha disponibilidade é mínima.
Ontem estava com uma "amiga" em casa a mostrar lhe umas fotos que tinha e tenho neste computador e envolvemo-nos.
Desliguei o computador, não me lembrando do problema que este apresentava e começou a entoar a melodia que me estragou a noite já que ela chamou-me de parolo e disse que "uma pessoa é aquilo que ouve.".
Foi a última gota de água.
Se não há a possibilidade de acabar com a música que aparece depois de eu desligar o computador, peço-lhe encarecidamente que me diga como tenho que actuar para que entoe uma melodia mais moderna, qualquer uma que o Sr. da Toshiba entenda ser adequada por mim está bem, mas Roberto Leal é que não...
Como cliente fiel que sou e em virtude da nossa forte relação espero obter uma resposta rápida, já que nunca tive razões de queixa do vosso profissionalismo e atendimento.
Saudações,
Mário Dias

Boa tarde,
Exmo. Sr. Mário Dias
Para que possamos verificar a situação que nos descreveu será necessário
indicar-nos o número de série do seu equipamento.
Ficando, desde já, à inteira disposição de Vexa. para qualquer esclarecimento
tido por conveniente, subscrevemo-nos,
Atentamente,
Júlio Pratas

Exmo. Sr. da Toshiba,
Agradeço a prontidão do seu e-mail (estaria a cometer uma incorrecção se agradecesse a resposta ao meu problema, já que continuo a ouvir a maldita melodia do Roberto Leal).
De qualquer modo, percebo que tenha de saber a série, pelo que me contaram é para ter a certeza que sou de facto proprietário da minha máquina.
No entanto o meu equipamento não deve ter série porque quando comprei o satellite a200 o vendedor fartou-se de dizer que era um computador fora de série, logo não os vou poder ajudar.
O que posso fazer, se assim desejarem, é enviar uma foto minha ao lado da máquina para que possam ter a certeza que o computador é mesmo meu.
Agradecia que respondessem depressa porque começo a temer não responder pelos meus actos se esta maldita musica não pára de tocar.
Ontem quase que o portátil "ganhava asas" contra a parede do meu quarto. Os senhores não imaginam o que é estar sempre a ouvir aquela musiquinha..."No Brasil sou Português e em Portugal Brasileiro, lá eu toco guitarra e aqui toco pandeiro, às vezes de Lisboa, ou do Rio de Janeiro, agora já sei quem sou, sou Português Brasileiro...".Até já sei de cor a musica e passo o dia com ela na cabeça.
Será isto um vírus?
Publicidade camuflada ao cd do cantor?
Um incentivo à aquisição da dupla nacionalidade?
Não sei mesmo...mais uma vez apelo à vossa ajuda, já que sou vosso cliente há anos e nunca vos incomodei com nada, nem sequer quando apareciam aquelas fotos de moças semi-despidas sempre que eu ligava o computador do escritório, sem ter feito nada para que tal acontecesse...
Aguardo resposta,
Mário Dias

4 comentários:

  1. Hahahaahahahah!!!!!!!!!!!!!!! "não tem nº de série pq é fora de série!" LOL!!!!

    ResponderEliminar
  2. Este está absolutamente "fora de série"... Parabéns pela criatividade e pela capacidade de fazer rir tão naturalmente...

    Cátia Matias

    ResponderEliminar
  3. É por essas e por outras que mereces um belo óscar:)

    ResponderEliminar