05/01/2010

103:CD EM BRANCO por jPinto


Olá boa noite,
chamo-me Mário Dias e contacto com vexas porque pretendo gravar um CD.
Vocês foram me indicados por um colega do meu neto que é musico.
Ele disse que a vossa editora era competente e que se um dia o meu neto quisesse gravar um CD para contactar com vocês que são, segundo as palavras dele, cinco estrelas.
Ele não quer gravar, mas quero eu.
O meu vizinho trouxe-me hoje um CD de música antiga que tenho de devolver até quinta-feira pelo que precisava que me dissessem por quanto ficará a gravação.
Agradeço resposta breve, para ter tempo de contactar outra editora caso a vossa proposta não me agrade.
Um abraço,
Mário Dias

Bom dia,
mas a que se refere?
fazer uma copia do CD que o seu vizinho lhe emprestou???
Ou quererá dizer gravar um CD com temas cantados por si?
Cumps.
Roberto M.
Produçõesdisco,lda

Olá boa tarde,
cantados por mim???
A ideia seria gravar o CD que o meu vizinho me emprestou (ele disse que eu tinha até Quinta-feira para o gravar) mas agora que me coloca essa possibilidade confesso-lhe que tenho um sonho antigo...bem...não o vou maçar porque certamente achará este meu sonho ridículo...
Por quanto ficará a gravação?
Abraço,
Mário Dias

Pois...
Foi o que de facto me pareceu que o senhor queria...
Isso é considerado pirataria ....logo ilegal .
Nós duplicamos cd´s em quantidades industriais e para os detentores do direito de propriedade intelectual, deve ter sido o caso do colega do seu neto.
Lamento mas não posso ajudar.
Cumprimentos,
Roberto M.
Produçõesdisco,lda

Pensei que feito por profissionais seria legal, dai a minha questão.
Peço imensa desculpa pela ignorância, como calcula ainda sou do tempo do vinil e as coisas processavam-se de uma forma um pouco diferente.
É caso para dizer que no meu tempo, a música era outra.
Já agora, aproveito a sua boa vontade para o questionar da viabilidade de um sonho que eu tenho há muitos anos.
Se achar que é uma ideia idiota peço que o diga pois não fere susceptibilidades.
O meu pai, Deus o tenho perto de si, foi o autor do "Livro em branco", uma brincadeira que o fez ganhar muito dinheiro.
As pessoas compravam o livro, que não tinha absolutamente nada escrito e muitas usavam o mesmo para anotações e para fazer a sua própria obra.
Eu nunca tive coragem de dizer isto a ninguém, mas tenho há muitos anos a ideia de fazer o cd em branco.
As pessoas compravam o cd, devidamente embalado e quando o colocavam no aparelho de CDS usufruíam de 12 faixas com os mais brutais silêncios.
Confesso que escrever isto é estranho, parece-me uma ideia parva, mas se pensar que as pessoas quando compram não sabem o que vem no CD (ou melhor, o que não vem) já achará que poderemos obter algum lucro.
Acha viável avançarmos para a ideia do "CD em branco"?
Um abraço,
Mário Dias

Boa tarde,
não me parece boa ideia, pois o livro em branco, ainda pode servir para bloco de notas, o CD em branco, não serve para nada, pois já não vai sequer permitir gravar.
O único para que serviria era para receber imensas reclamações de que o disco não funciona....lamento.
Cumps.
Roberto M.
Produçõesdisco,lda

21 comentários:

  1. Portantos um cd com 12 faixas em branco só pode ser uma ideia...ESTUPIDA (como nos gostamos) ;)

    ResponderEliminar
  2. Lindo...
    Ora eu cá acho que era bem melhor um CD em branco do que muitos que só têm m**** e que vendem à mesma. Se a malta compra isso, vai na volta também compravam um em branco... nunca se sabe :P

    ResponderEliminar
  3. ta fixe sim :)
    com o vovo mario é sempre a surprender ;)


    Ana Gomes

    ResponderEliminar
  4. Simples...mas mt criativo!!! Brilhante mais uma vez! ;) adorei!Venham mais textos :)

    ResponderEliminar
  5. Não há texto teu que não seja, no mínimo, brilhante. Prometo voltar mais vezes.

    ResponderEliminar
  6. Oh amigo Mário, torne a questionar a editora no sentido de editar o disco noutra cor.. quem sabe cordenada!
    Depois eu acho qe um CD e branco vale tanto quanto oum livro em branco, basta dar-lhe utilidade no buraquinho que tem no meio: quantas coisas lá podemos enfiar?
    Outra: em branco ou com música serve sempre de espelho!
    Oh Mário, essa editora não me parece lá muita capaz e pelas tuas qualidades de cantar em branco, tenho a certeza que conseguirás gravar essa dúzia de faixas brancas.
    Boa sorte

    ResponderEliminar
  7. Glorioso! Creo que desperté al vecino con mis carcajadas...
    Excelente el comentario de Berdades...

    ResponderEliminar
  8. Esse produtor não tem jeito para o negócio.
    Bastaria fazer: "As 12 melodias mais bonitas de Natal para surdos".
    Não estou a ver um surdo reclamar...

    ResponderEliminar
  9. Excelente, mais uma vez.

    Muitos parabéns.

    Continue assim.

    Deixo-lhe uma ideia para poder continuar, se assim entender, a explorar visto que já a aflorou e o Roberto M. – Produçõesdisco, Lda, não respondeu:

    Não sendo gravado por profissionais, pode ser considerado pirataria?, Quem disse ao Roberto que o CD não é de originais do vizinho e/ou o mesmo não tem os respectivos direitos de autor? Insista (sff., se pretender) na ideia que o Sr. teve automaticamente assumindo que seria pirataria.

    E já agora acho que todos gostaríamos também de saber a opinião do Sr. Roberto em relação ao que o Mário também já falou da questão de como o CD vem fechado como sabemos o que estamos a comprar ou não comprar, pois ele também fugiu a essa questão.

    Se relacionarmos as 2 e sendo uma produtora discográfica será muito bonito ver a respectiva opinião.

    Obrigado pelos excelentes momentos que me tem proporcionado.


    Pedro Casado

    ResponderEliminar
  10. Excelente!! hahaahahahahahahahhahaahah!! Doze faixas de música... em branco! LOL (a música em branco ao atravessar um prisma transforma-se em música de arco-íris:)
    Um abraço,
    Jorge

    ResponderEliminar
  11. Tens consciência que um dia terás de escrever um e-mail para vários hospitais com o texto:
    "Caro Hospital, dadas as questões que por vezes coloco a certas pessoas, sei que em breve irei ser espancado com uma perna congelada de borrego. Poderiam desde já adiantar-me os CV das enfermeiras que ficarão encarregues de me dar banho com uma esponja? Muito obrigado."

    ResponderEliminar
  12. LIndo! Eu faço ideia o gozo que te dá quando o pessoal responde à séria às tuas pretensões..he he. Muito bom!

    ResponderEliminar
  13. uma bela ideia editar um CD em branco.Devia ser engraçado.
    As editoras querem tudo perfeito, mas às vezes há CDs à venda que mais valia estarem em branco!

    Lá nos casos reais desta vez é sobre um assalto que deu duas queixas...uma delas contra a policia

    ResponderEliminar
  14. Fantástico, genial e louco.
    Parabéns!
    Ana Pereira

    ResponderEliminar
  15. A questão do CD em branco pode ser considerada uma xenofobia anti berlusconiana!!!
    Cuidado com essas modernices!

    ResponderEliminar
  16. O blogue ganhou uma distinção entregue pela nossa SAD. Passe pelo nosso blogue e beba champanhe a partir da taça.

    ResponderEliminar
  17. Hola!! me ha encantado tu blog, ya te sigo y vendré a verte siempre.
    Un beso desde Cara a cara con los jóvenes

    ResponderEliminar
  18. Está demais!! Parabéns pela ideia loool Adorei a parte das "12 faixas com os mais brutais silêncios". E o facto do Mário Dias só querer gravar o cd do vizinho está o máximo loooool
    Continua a ter ideias brilhantes e a espalhar humor por este mundo fora ;)
    Beijo

    ResponderEliminar
  19. Um DC em branco; Claro que eu compro se pode impedir os passaros de me comerem as cereijas da minha cerejeira...

    ResponderEliminar